quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Queridos alunos do pólo de Gravataí,
deixamos aqui nossa mensagem de Natal e os votos de um excelente 2009!
Muita saúde, sorte, conquistas, realizações, sucesso, amor e paz a todos!
Grande abraço

*não esqueça de ligar o som...
Qual é o mal-estar que assola os Educadores? - visão da Psicanálise
http://www.escutaanalitica.com.br/mal-estar.htm


Reportagem Veja: http://veja.abril.com.br/blog/saude-chegada/

Quarta-feira, 03 de Dezembro de 2008

Como evitar a dor da cãibra

Alguns leitores têm me perguntado com freqüência sobre os motivos que desencadeiam as cãibras e como preveni-las. Lembro que as cãibras são aquelas contrações involuntárias - e muito dolorosas - de um músculo esquelético. É um fenômeno relativamente comum em esforços extenuantes, como muitos corredores relatam no terço final de uma prova.

O que causa a cãibra?

Muita gente culpa a falta de potássio, mas não há evidências científicas sobre isso. Os fisiologistas do exercício vêm apontando a tríade entre desidratação (perda de água) associada à perda de sódio e à fadiga muscular como sendo a provável causa. As contrações ocorrem com muito maior frequência em treinos e provas realizadas em ambientes desfavoráveis ao processo de termoregulação (troca de calor), ou seja, no calor e principalmente com alta umidade relativa do ar. Aliás, com a chegada do verão, a freqüência das cãibras tende a aumentar. Portanto, é bom adotar algumas medidas preventivas.

E o que previne as cãibras?

Os fisiologistas apontam que uma alimentação balanceada, uma estratégia de hidratação associada à ingestão de sódio (daí a popularidade das bebidas esportivas ricas em sódio) durante os treinos e competições e estar adaptado ao esforço físico no calor.

É importante destacar que algumas pessoas apresentam uma perda mais acentuada de sódio através do suor. Se for este o seu caso, então é interessante que você passe a ingerir bebidas esportivas durante exercícios que ultrapassem 30 minutos.

Outro aspecto apontado pelos especialistas é um processo chamado de aclimatização. Refere-se a um procedimento que promove diversas adaptações no organismo para que possa exercitar-se de forma mais eficiente no calor. Em geral, recomenda-se que se façam treinos leves no primeiro e segundo dias e depois esforços mais prolongados e intensos, por pelo menos sete dias - para aclimatizar-se.

Essas medidas são importantes para quem vai participar de uma prova disputada em ambientes quentes e úmidos, como a Meia Maratona do Rio de Janeiro ou a tradicional São Silvestre. A propósito, é aí que muitos corredores acabam escorregando, pois geralmente treinam cedo pela manhã ou no fim da tarde, quando as condições ambientais estão mais favoráveis à troca de calor. Isso não gera as adaptações necessárias para encarar o calorão e a umidade das provas.

Por exemplo, a Meia Maratona do Rio tem sua largada às 9h30 da manhã e a São Silvestre, às 15h para as mulheres e às 17h no caso dos homens. Em resumo, é preciso estar preparado para realizar esforços extenuantes nestes horários, consumir bebidas esportivas ao invés de somente água e ter uma alimentação balanceada.

Referências:

J. Maquirriain, and M. Merello. J Am Acad Orthop Surg, Vol 15, No 7, July 2007, 425-431. 2007 The Athlete With Muscular Cramps: Clinical Approach

Performance Playbook: Muscle Cramps: The Right Ways for the Dog Days E. Randy Eichner, MD, FACSM 06/26/2007

Cãibras musculares: causas e tratamentos.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Encaminhando...

JORNAL VIRTUAL PROFISSĂO MESTRE

Profissăo Mestre – Ano 7 Nº 95 – 28/11/2008


A Escola e a Informação

Como forma de avaliação, o mestre exigia que seu discípulo lhe trouxesse uma flor num prazo estipulado. Essa era encontrada somente após longos dias de caminhada, em que o garoto precisava procurar e procurar. Desdobrando-se para cumprir a expectativa e ser considerado um bom aluno, ao lhe entregar o pedido na data prevista, percebia seu professor expressar prazer por vê-lo tão cansado e, depois, disfarçadamente, desprezar a flor solicitada.

Na virada dos tempos, um forte vento espalhou as sementes das flores pelos quatro cantos. Um punhado caiu no jardim do menino. E a cada avaliação, ele apenas estendia os braços e alcançava uma flor pela janela de seu quarto. O professor desequilibrou-se. Dizia que não. Tentava explicar que, agora o garoto não podia simplesmente entregar a flor. Conforme antigas/modernas teorias, devia cheirá-la, contar-lhe o que sentira e relacionar essa sensação subjetiva com a de outros.

No entanto, nem o aluno, tampouco o professor sabiam dar sentido à flor.

Inicio esse artigo com um conto que criei com a intenção de metaforizar uma das tensões da educação – sua relação com a informação. Engana-se aquele que acredita ser essa uma angústia nossa e atual. A história revela os desequilíbrios das instituições ao perceberem-se perdendo espaço e poder por razão de revoluções que romperam com os cativeiros da informação. Na escassez de informação, quem tinha uma página era rei. A partir dessa situação, dentre outras, é que a igreja, como a escola, fortaleceu-se como império absoluto.

O educar era concebido como conduzir ou, sendo mais sincero, exigir que as crianças se esforçassem para ter aquilo que era considerado raro: a informação. Aluno bom era aquele que sofria até obtê-la. Esse merecia as honras da casa.

Tal modelo escolar e intenção educativa se perpetuaram, chegando até meus dias de aluno. Permita-me lembrar, com misto de revolta, humor e nostalgia, a dificuldade que era elaborar uma pesquisa escolar nos anos 80. Nem quero considerar a experiência dos meus amigos das décadas de 60 e 70!

Recordo que os alunos dedicados – ou cdfs, conforme as gírias da época – desesperavam-se diante da proposta. As angustiantes falas inundavam a sala de aula: “Onde vou encontrar isso, professor? Não vai dar tempo!”. Já os mais revoltados gritavam que não iam fazer nada. Mas, acabavam conseguindo entrar num grupo e tirar a nota.

Depois do término, a entrega era teatral. Pilhas de almaço sobre a mesa do professor, alunos suspirando de alívio. Se fosse em forma de cartaz, muita purpurina na cartolina e papel celofane. Esse capricho deveria ser mais notável nas pesadas maquetes de isopor que, depois da feira de ciências, eram tacadas fora. Na verdade, tudo era descartado. Muitas vezes, na mesma aula da entrega, para revolta das crianças mais críticas, o professor ou professora mudava o conteúdo a ser trabalhado. Feito o trabalho, podia-se virar a página do livro com o sentimento de tarefa cumprida e iniciar outro tema. Depois, exigir mais alguns trabalhos, mudar novamente o conteúdo, repetidas e repetidas vezes, até o término do ano letivo.

Por mais tristeza que essas propostas nos causaram, podemos encontrar aspectos “positivos” nessas experiências. Não aprendíamos tanto, mas nossas habilidades de comunicação, locomoção e visão eram fortalecidas. Afinal, muitas famílias não tinham enciclopédia e livros em casa, por isso o aluno precisava aprender a “gritar por socorro” e buscar com quem conhecesse o material da pesquisa. A criança tinha que “correr atrás”, até encontrar a informação. O aluno, se tímido, aprendia “na marra” a falar com os outros.

Esse desafio de encontrar o material envolvia também as muitas viagens para pegá-lo. Por fim, aliviado, com o material nas mãos, o aluno olhava com atenção o sumário e as páginas, buscando o título do trabalho que, na maioria das vezes, repetia exatamente os enunciados dos capítulos das apostilas didáticas. E copiava o que havia sido solicitado.

Fico imaginando a algazarra que faria se pudesse voltar à minha antiga escola carregando meu laptop conectado à internet. Tiraria as melhores notas. Naqueles moldes, poderia, com menos de nove anos, até me aventurar em expor alguns conteúdos!

De fato, os ventos modernos chacoalharam as antigas bases escolares. A velha escola tem sido questionada. Hoje, já não mais cabem metodologias para o encontro das informações. Na verdade, esse nunca fora o objetivo escolar. Sempre soubemos (ou não?) que era ineficaz a informação pela informação. Mas o que satisfazia e legitimava as ações era entender como educativo o ato da criança encontrar aquilo que o planejamento já previa. E o verbo – encontrar – é usado com propriedade, pois, de fato, o mérito era totalmente para aquele que, percorrendo exatamente o caminho previsto pelo professor, encontrasse o que também era previsto. Nada de surpresas, novos resultados, inovações. A questão era ordinária: encontrar a flor.

Diante de salas compostas por alunos da geração digital, sobra espaço para didáticas alternativas, reflexão e práticas de novas formas de aprender e ensinar. Se pautarmos as aulas na apresentação e solicitação de informações, é somente isso que os alunos nos trarão. E com toda facilidade que a realidade atual lhes permite. Relembrando o conto, apenas copiarão pelas múltiplas janelas virtuais que estão a sua disposição.

Robson de Oliveira é teólogo, pedagogo e Orientador Educacional do Colégio Interativa em Londrina-PR. Contato: robson@interativalondrina.com.br

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

O que é Letramento ?


A ESCOLA ( Paulo Freire)


Convite para Seminário de Desenvolvimento Humano- informação adicional

As vagas são limitadas e as inscrições poderão ser feitas a partir do dia 02/12 - terça-feira no site do ObservaPOA www.observapoa.com.br.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Acesse o Portal da Biologia: http://www.portalbiologia.com.br/biologia/principal/principal.asp

Áreas que podem ser encontradas no menu:

  • Anatomia Humana
  • Aqüicultura
  • Biofísica
  • Biologia Molecular
  • Bioquímica
  • Botânica
  • Citologia
  • Ecologia
  • Embriologia
  • Etologia
  • Evolução
  • Fisiologia
  • Genética
  • Gestão Ambiental
  • Histologia
  • Imunologia
  • Limnologia
  • Microbiologia
  • Zoologia
  • Paleontologia
  • Bioinformática
  • Oceanografia
  • Oceanógrafo
  • Direito Ambiental

Reciclagem de aparelhos

Programa Olhar Digital
vídeo de 6 min
DANA Cultural apresenta...

MAIS UM ESPETACULAR SHOW DA ORQUESTRA DE CÂMARA DA ULBRA!!!

Shaman, U2, Pink Floyd, Led Zeppelin, Queen, Joe Cocker, Iron Maden, Yes, Aerosmith,
The Doors, Helloween, Elton John, Black Sabbath.

Um dos maiores sucessos da história dos Concertos Populares da Orquestra da ULBRA, foram os super-concorridos concertos "Clássicos do Rock". A recepção e o respaldo da primeira edição já fazem do "Clássicos do Rock ll" um êxito, pois o show já está programado em duas sessões no mesmo dia 29 de novembro - 18 horas e 21 horas.

LOCAL: Salão de Atos da UFRGS

Preço único: R$ 15,00

-Confira os solistas já consagrados do público gaúcho:
Panta, Vanessa Longoni, Chico Padilha e ainda; Andre Matos (ex vocalista de Viper, Angra e Shaaman) vindo de São Paulo especialmente para o "Clássicos".

Os convidados para Baking Vocals são:
Atos Flores, Debora Dreyher, Iury Correa e Rose Carvalho

Canções relidas pela Orquestra de Câmara da ULBRA sob a batuta do maestro Tiago Flores.

Com arranjos assinados por Michel Dorfman, Rodrigo Bustamante, Arthur Barbosa, Daniel Wolf, Iuri Correa, Arthur de Faria, Marcio Cecconello e Pedrinho Figueiredo.

Além da Orquestra de Câmara, quatro músicos convidados farão participação especial: Marquinhos Fê (bateria), Ângelo Primon (guitarra), Pedrinho Figueiredo (flauta e sax) e Marcelo Piraíno (clarinete e sax alto).

Os ingressos já estão à venda ao simpático preço de quinze reais, uma das características dos Concertos 2008.

Os pontos de venda antecipada são as Livrarias Porto do Shopping Iguatemi e a loja Sport Club ULBRA, em Canoas.

A partir do dia 26 de novembro, no Salão de Atos da Reitoria da UFRGS.

A PRESSA É SUA !!!! GARANTA SEU INGRESSO LOGO !!!!
Apoio:
Lei de Incentivo a Cultura do Estado do Rio Grande do Sul - LIC
Secretaria da Cultura
DANA SA
Pop Rock
Diretoria de Cultura da ULBRA
Livrarias Porto
Lado Inverso Produções Artisticas

Informações:
Ana Cristina Froner
Coordenadora
Orquestra de Câmara da ULBRA
Rua Farroupilha, 8001 sala 325 prédio 14
Bairro São José- Canoas/RS - CEP: 92425-900
Fone/fax: (51)34779266 - www.ulbra.br/orquestra

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

2ª web-conferência do seminário à distância

Segunda-feira, das 18:00 às 21:00 hs (horário de Brasília), realização da 2ª web-conferência de nosso Seminário à distância, que tratará dos eixos orientadores da 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos.

É muito simples participar, bastando apenas acessar o link abaixo, através do qual será feita, on line e ao vivo, a transmissão:

http://portal.mec.gov.br/11conferencia

Muito importante: não é preciso ter senha e login para assistir às web-conferências, que podem ser assistidas de forma igual à que se faz para acessar qualquer conteúdo em qualquer site, ou seja - e repetindo -, basta clicar no link acima, a partir das 18:00 hs (horário de Brasília), e aguardar o início da transmissão.

Durante a web-conferência, será possível interagir a qualquer momento.

Quem quiser fazer uma pergunta ou observação, poderá fazê-lo via e-mail e ou telefone.

* Por e-mail: 11conferenciadh@gmail.com

* * Por telefone: (61) 2104-8939 e 2104-9079

Programação:

- Eixo 2 (Violência, segurança pública e acesso à justiça):

* Palestrantes: Marcos Rolim e Ricardo Balestreri

Encaminhando...

Natal dos Correios

Há a informação de que têm pedidos inacreditáveis.
Tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio para a avó...
É uma idéia.
É só pegar a carta e entregar o presente numa agência do correio até
dia 20 de Dezembro.
O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.
DIVULGUE PARA SEUS AMIGOS!!!!

profª Ilza Jardim

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A Direção da FACED convida a comunidade de alunos, técnicos, professores e seus familiares a participarem do almoço de confraternização, para marcar as comemorações de fim de ano e o encerramento da gestão.
O churrasco de confraternização acontecerá no dia 19 de dezembro, a partir das 12h, no Galpão da ESEF, no valor de R$ 5,00 por pessoa. Pede-se que levem talheres. Adesões e informações na secretaria da FACED, com Antonieta, Marcelo e Ivaldy.


Encaminhando...
----------------------------------------------------------------------------------

Querid@s Amig@s:


Conforme Vitor Hugo, na obra Os Miseráveis, "Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar: após a filosofia, a ação é indispensável".

Desta forma, estamos organizando uma manifestação pacífica na Praça da Matriz, Centro de Porto Alegre/RS - Brasil, no dia 25 de novembro, terça-feira, às 19hs, criando o Movimento pela Consciência Prisional, e gostaria de convidá-lo, bem como solicitar auxílio na divulgação deste. Após estarmos chegando no fundo do poço na questão carcerária, percebemos que a única forma de melhorar é criando um movimento para conscientizar toda a sociedade. Simplesmente criticar governos, não adianta absolutamente nada, pois a comunidade apoia a máxima "quanto pior, melhor", sem se dar conta de que isso reverte de forma trágica para a própria comunidade, quando a pessoa retorna ao convívio de todos.

Pretendemos convidar os representantes dos 3 poderes e entregar uma carta de manifestação e criação do movimento. Temos, já, o apoio de diversas entidades (de magistrados, funcionários públicos, promotores e procuradores, familiares de apenados, entre tantas outras), mas também é muito importante que consigamos juntar muitas pessoas. Eu, e um grupo de amigos, vamos panfletar e juntar algumas dezenas de familiares de apenados. Também convidamos estudantes, membros de todas entidades que tem alguma ligação com a questão, bem como funcionários do sistema carcerário e qualquer cidadão que tenha consciência da importância deste tema. O movimento é apartidário, criado por pessoas e apoiado por organizações não-governamentais, e não busca criticar, mas, sim, mobilizar a sociedade para tomar consciência da necessidade de melhora deste sistema, buscando contribuir da melhor forma possível.

Certamente tua presença, se possível, bem como de amigos, colegas e familiares, e divulgação deste para a mobilização, muito poderia auxiliar! Caso também participe de alguma entidade que queira apoiar o movimento, certamente será muito bem vindo!

Maiores informações, através do e-mail movimentoprisional@terra.com.br, ou no telefone (51) 9113-6505, com Rodrigo Puggina.

Venha, participe! Vamos lotar a Praça da Matriz! Essa conscientização, bem como sua participação, certamente contribuirão muito para a diminuição da violência!

Um grande abraço, pelo Movimento pela Consciência Prisional

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Boletim FSM

17 de Novembro de 2008


Índice

1) Prorrogadas até 21 de novembro as inscrições de atividades para o Fórum Social Mundial 2009
2) FSM 2009 abre inscrição para participantes individuais
3) Hospedagem familiar e alternativa para o FSM 2009



1) Prorrogadas até 21 de novembro as inscrições de atividades para o Fórum Social Mundial 2009

As organizações que desejam realizar atividades durante o FSM 2009 têm mais alguns dias para efetuar o cadastro. O prazo para a inscrição de atividades foi prorrogado até a sexta-feira (21/11), à meia noite (horário de Brasília). As organizações que desejam enviar participantes para o FSM, mas não irão propor atividades, tem um prazo maior e podem se inscrever até dezembro.

O pagamento de entidades inscritas no Brasil, que propuseram atividades, deverá ser feito até o dia 30 de novembro. Em breve também estará aberto o sistema de pagamento para organizações internacionais.

De acordo com a Carta de Princípios do FSM, não é permitida a inscrição de partidos políticos e órgãos governamentais.

O FSM acontecerá entre 27 de Janeiro e 01 de Fevereiro de 2009, na cidade de Belém (capital do Pará, Brasil).
Para fazer a inscrição, basta acessar: http://inscricoes.fsm2009amazonia.org.br

Conheça o passo a passo para fazer a inscrição: http://www.fsm2009amazonia.org.br/forum-social-mundial/duvidas-mais-frequentes/sobre-inscricoes

IMPORTANTE: A lista das atividades inscritas até o último sábado (14/11) está disponível para download em http://www.fsm2009amazonia.org.br/forum-social-mundial/inscricoes/atividades/lista-de-atividades-ate-1411/view. O arquivo está em ordem alfabética, organizado a partir do nome das entidades inscritas.

Outra opção para visualizar a lista de atividades inscritas é através do site de inscrições do FSM 2009 - http://inscricoes.fsm2009amazonia.org.br/content/index.php?page=consulta_pub . É possível listar todas as atividades e organizações inscritas, fazendo pesquisas por palavras-chave ou por objetivo de ação. A lista disponível no site de inscrições é atualizada automaticamente, ou seja, assim que uma atividade é cadastrada, aparece no site.

Se a sua atividade não consta em nenhuma das listas, significa que ela não está inscrita. Verifique o quanto antes, pois o prazo de inscrições nao será prorrogado novamente.




2) FSM 2009 abre inscrição para participantes individuais

Já estão abertas as inscrições de participantes individuais para o Fórum Social Mundial 2009. Participantes brasileiros, ou que se inscrevem a partir do Brasil, deverão, logo após a inscrição, efetuar o pagamento via boleto bancário. O valor da inscrição individual é de R$ 30,00, para o Brasil. Indivíduos dos países do Norte Geopolítico pagam 60€ (euros) e demais países 15€ (euros)

Participantes que se inscrevem fora do Brasil, deverão aguardar para fazer o pagamento posteriormente – neste caso, deverão usar o número da inscrição e a senha enviados para o e-mail para retornar a sua ficha no site http://inscricoes.fsm2009amazonia.org.br e realizar o pagamento.

Em breve estará disponível também o pagamento para organizações e indivíduos de fora do Brasil.

Para fazer a sua inscrição como participante individual
- Acesse a página de inscrições do FSM 2009: http://inscricoes.fsm2009amazonia.org.br
- Clique no link Participantes Individuais
- Preencha ficha de inscrição e clique em salvar
Atenção: no campo e-mail – digite apenas um (01) endereço de e-mail
- Após salvar a ficha, é possível gerar e imprimir o boleto bancário (para pagamentos a partir do Brasil).

IMPORTANTE: Não esqueça de guardar o comprovante do pagamento e levá-lo, juntamente com seu número de inscrição e identidade, para o credenciamento do evento.





3) Hospedagem familiar e alternativa para o FSM 2009

A coordenação do Fórum Social Mundial 2009 conseguiu viabilizar cerca de 30 mil vagas para participantes do evento por meio das hospedagens familiar e alternativa. Somente na categoria de hospedagem familiar são mais de 6 mil vagas. As demais estão divididas em alojamentos coletivos em escolas católicas, das redes estadual e municipal, sindicatos, clubes e até em barcos que funcionarão como hotéis no período do FSM.

Os valores para cada tipo de acomodação variam entre R$ 5 e R$ 10, para alojamentos coletivos, R$27,50 a R$ 38,50, para hospedagem familiar e preços a combinar, nas demais formas de acomodação, como aluguel de casas e barco/hotel. As vagas poder solicitadas diretamente através do site.

Hospedagem familiar:
As solicitações de vagas para a hospedagem familiar podem ser feitas por telefone, por meio da Central de Reservas, nos números: +55 (91) 3236-0751/ +55 (91) 3228-4734, ou através do endereço - http://www.fsm2009amazonia.org.br/forum-social-mundial/doacoes/hospedagem-familiar/

Hospedagem Alternativa:
Na seção “Hospedagem Alternativa” - http://www.fsm2009amazonia.org.br/forum-social-mundial/doacoes/hospedagem-alternativa/ - é possível fazer a solicação de vagas nesta modalidade e ainda ter acesso a lista de contatos de agências que oferecem vagas em barcos e campings.

Para mais informações: acomodacao@fsm2009amazonia.org.br






Escritório FSM - Brasil
Endereço: Rua General Jardim, 660, 7º andar, São Paulo - SP- Brasil, Cep: 01223-010
email: escritorio(em)forumsocialmundial.org.br
Site: www.forumsocialmundial.org.br

Escritório FSM 2009 - Belém (PA) - Brasil
Endereço: Rua Presidente Pernambuco S/N (Prédio da Ouvidoria do Estado - Fundos), Cep 66823-010
email: escritorio(em)fsm2009amazonia.org.br
Telefone: (91) 3222-8530
Site: www.fsm2009amazonia.org.br

Boletim FSM
Para receber o boletim FSM, escreva para gerente(em)forumsocialmundial.org.br com a palavra INSCRIÇÃO no campo "assunto" do email.
Para cancelar o recebimento do boletim, envie um e-mail a gerente(em)forumsocialmundial.org.br com a palavra CANCELAMENTO no campo "assunto".
Este boletim é apenas informativo. Por favor, não responda a esta mensagem.

terça-feira, 18 de novembro de 2008


Encaminhando...


Caros/as integrantes do GEERGE e demais amigos/as



Convido a todos/as para assisterem ao Programa Salto para o Futuro, série Educação para a equidade de gênero, que irá ao ar na TV Brasil, nos dias 24 a 28 de novembro, às 19 h. Em todos os programas teremos a participação de integrantes do GEERGE. No site estão disponíveis os textos que dão base a cada programa desta série.

A programação será a seguinte:


Programa 1: Gênero, sexualidade, violência e poder

Convidadas/os: Fernando Seffner (GEERGE/UFRGS)

Constantina Xavier (UFMS)

Anderson Ferrari (Movimento Gay de Minas / UFJF)



Programa 2: Gênero, sexualidade e currículo

Convidadas: Dagmar Meyer (GEERGE/UFRGS)

Profª Marina Reidel (Escola Estadual Rio de Janeiro, em Porto Alegre)

Cláudia Ribeiro (UFLA)


Programa 3: Educação para a sexualidade: uma proposta de formação docente

Convidadas: Jane Felipe (GEERGE/UFRGS)

Yvone Souza (FIOCRUZ/RJ)

Jeane Felix (PB/Ministério da Saúde)


Programa 4: Gênero e sexualidade nos materiais didáticos e paradidáticos

Convidadas: Jimena Furlani (GEERGE/UDESC)

Bete Franco (ONG Grupo de Incentivo à Vida / USP)

Zandra Arguello (Coordenadora pedagógica)


Programa 5: Pedagogias Culturais produzindo identidades

Convidadas: Rosângela Soares (GEERGE/UFRGS)

Fernanda Winter (Representante do MIAU - Movimento de

Intercâmbio de Adolescentes de Lavras/MG))

Susana Rangel Vieira da Cunha (GEIN/UFRGS)


Abraços

Jane Felipe

www.geerge.com

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

O problema da Educação - visões
Seminário da Veja na Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Vídeo de 3 minutos
Esse site da Veja, em comemoração aos seus 40 anos, discute "O Brasil que queremos" na área de Educação: http://veja.abril.com.br/40anos/educacao/

Temas:
  • Meritocracia
  • Profissionalização da gestão escolar
  • Alfabetização das crianças no 1º ano do ensino fundamental
Próximos temas:
22/11/2008', Participação dos pais
29/11/2008', Ensino técnico
6/12/2008' thUniversidades
13/12/2008', Pesquisadores
10/1/2009', Currículos obrigatórios
17/1/2009', Formação de professores

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Exposição de arte - Oficinas PPSC/UFRGS

O Programa de Prestação de Serviços à Comunidade da UFRGS promove a exposição de arte que reúne produções dos adolescentes em cumprimento de medidas em meio aberto, como resultado das Oficinas Educativas.
A exposição objetiva socializar com a comunidade acadêmica o trabalho que o PPSC vem desenvolvendo em onze anos de atividades junto aos adolescentes que participam dessas oficinas. Com freqüência semanal, configuram-se em espaços para além do cumprimento da medida propriamente dita, onde há lugar para circular a palavra, para proporcionar as tão significativas trocas entre o grupo de iguais e equipe técnica, manuseio do computador, produção escrita e artística,passeios culturais, esporte, hip hop, grafite, cine-debate, entre outras atividades.
Os trabalhos podem ser vistos até o dia 17 de novembro, no saguão da Faculdade de Educação da UFRGS, no campus centro (Av. Paulo Gama, 110). A entrada é franca e aberta à comunidade. Mais informações pelos e-mails cmcraidy@terra.com.br e ppsc@ufrgs.br telefone 3308.3082.


Nossa influência no planeta

uma outra perspectiva

Vídeo Programa Olhar Digital - Inclusão Digital - reutilização de computadores pelo Comitê de Democratização da Internet (CDI)


sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Comcet promove coleta de "Lixo Eletrônico"

Consumo consciente pode reduzir os impactos da parafernália tecnológica junto ao meio ambiente

O Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia - Comcet juntamente com a Prefeitura de Porto Alegre - PROCEMPA, DMLU e SMAM, realizará no próximo domingo, 9 , no Parque Farroupilha - Redenção (junto ao Monumento do Expedicionário), das 9h às 17h, coleta de materiais fora de uso, como pilhas, computadores, impressoras, cartuchos, baterias, celulares, além de óleo de cozinha já utilizado. O objetivo é conscientizar usuários de diferentes tecnologias da importância da reciclagem de materiais. A campanha pretende, também, incentivar medidas que possam ser tomadas para consumo solidário, evitando a degradação do meio-ambiente.

A iniciativa faz parte da programação da III Semana Municipal de Ciência e Tecnologia que, durante o evento, promove outras atividades relacionadas à área. Para mais informações, basta ligar para (51) 3289-6084, junto à secretaria da Procempa. (Veja programação www2.portoalegre.rs.gov.br/smct/)

COMCET

O Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia (Comcet) é o órgão consultivo, fiscalizador de projetos desenvolvidos pelo Executivo Municipal no que se refere à área de ciência, tecnologia e inovação. Criado pela Lei Complementar nº 367, de 8 de janeiro de 1996 e publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (DOPA) de 16 janeiro de 1996, o Conselho estabelece diálogo com a sociedade local por intermédio dos representantes das entidades que o compõem e da participação nos diversos fóruns que discutem a C&T na capital gaúcha, propondo o conhecimento da realidade e a reflexão desse conhecimento, na perspectiva da construção de novos cenários para o desenvolvimento.

Att,

Lembre-se: as reuniões do COMCET ocorrem SEMPRE na primeira terça-feira de cada mês.

Veja mais: www.porto alegre.rs.gov.br/comcet

Manolo Silveiro Cachafeiro

Secretario Executivo

Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia (COMCET).

Prefeitura de Porto Alegre

Telefone: (51) 3289 6346

Av. Ipiranga, nº 1200 - Cidade Baixa

Porto Alegre - RS - CEP: 90160-091


Folha do Livro 29 - Porto Alegre, 06 de Novembro de 2008.
Programações da 54ª Feira do Livro
A 54ª Feira do Livro de Porto Alegre já começou, e as atividades para os leitores estão disponíveis por toda a parte. Continuam abertas as inscrições para os encontros da Casa do Pensamento, da Arena das Histórias, da mostra Trançando Histórias, do ciclo A Hora do Educador, do seminário A Arte de Contar Histórias e do III Mutação na Feira. Confira na Folha do Livro 29 algumas das atividades que acontecem na Feira do Livro:
Teatro Sancho Pança: no Armazém B do Cais, na Área Infantil e Juvenil, as atividades começam às 9h e vão até às 21h. Acesse os links para acessar os formulários de inscrição para os espetáculos para educação infantil e ensino fundamental ou a programação para o público jovem dos dias úteis. A programação completa está no site.
Trançando Histórias: O 6ª Traçando Histórias – Mostra de Ilustração de Literatura Infantil e Juvenil(,) continua aberta ao público até o dia 16. Para alunos e professores aproveitarem ainda mais a programação do espaço, Annete Baldi (Editora Projeto), Carla Binfaré (Escola Projeto), Cristina Biazetto (ilustradora) e Maria da Graça Machado (Escola Projeto) elaboraram dois roteiros que vão auxiliar na visita ao local. Clique em Roteiro Olhar para o Aluno e Roteiro Olhar para o professor e veja os roteiros elaborados.

Visitantes Especiais:
Este ano, a Área Infantil e Juvenil conta com acesso facilitado para portadores de necessidades especiais. Há rampas para o acesso dos cadeirantes, um tablado em toda a área dos expositores, sobre o pavimento de paralelepípedos, à beira do Guaíba, para facilitar a locomoção dos deficientes físicos e idosos, além de banheiro químico adaptado.
* A comunidade surda conta com um espaço especial na programação na Arena das Histórias e da Ducha das Histórias. Confira toda a programação no blog http://feiradolivro-surdos.blogspot.com/
* Os deficientes visuais têm, na Biblioteca do Cais, a Estação Multimídia onde podem acessar a programação da Feira em braile. Além disso, a Confraria das Letras em Braille completará três anos na 54ª Feira do Livro com apresentações musicais, contação de histórias, bate-papo com escritores, distribuição de livros em braille para instituições de ensino e entrega de troféu. O evento ocorrerá no dia 13 de novembro, a partir das 14 horas, no Território das Escolas (Anexo do Armazém A do Cais do Porto). As escolas interessadas em receber edições dos livros em braille durante o evento devem se cadastrar previamente. Clique aqui para ver o convite.
Histórias no Céu da Boca
Histórias no céu da boca é um bate-papo descontraído com autores de literatura infantil e juvenil a respeito das histórias que estão por trás das histórias de seus livros. Organizada por Hermes Bernardi Jr., a atividade acontece na Arena das Histórias, Armazém A1 do Cais do Porto. No dia 9 de novembro, às 18 horas, Anna Cláudia Ramos, Celso Sisto, Caio Riter e Rosana Rios estarão contando curiosidades sobre como veio sua inspiração, quanto tempo levou para ficar pronto o livro e peculiaridades sobre o processo criativo de cada um, além de lerem trechos de alguma de suas obras.
Presença internacional na 54ª Feira do Livro
O autor colombiano Luis Dario Bernal Pinilla confirmou sua presença na Feira do Livro deste ano. Advogado, poeta e crítico, Pinilla é reconhecido por sua trajetória como escritor de livros para jovens e crianças. Além de ser colaborador de jornais e revistas, o escritor é coordenador Nacional de Promoção da Leitura do Catálogo Editorial do Instituto de Previdência e Assistência Social do Pessoal do Ministério da Educação de Venezuela. Para saber mais sobre a programação da Feira acesse o site.
Programação para educadores
A 54ª Feira do Livro de Porto Alegre oferece programação especial para diretores de escolas, supervisores pedagógicos, professores, bibliotecários e mediadores da leitura. As atividades ocorrerão na Casa do Pensamento, no Ateliê da Imagem e na Ducha das Letras. Acesse a Folha do Livro 9 para saber como se inscrever.
-.-.-.-.-.
9º Encontro de Organizadores de Feiras de Livros do RS
O evento ocorrerá no dia 7 de novembro com a participação de representantes de prefeituras, bibliotecas, escolas e outras entidades que promovem feiras de livros no Estado. Como de praxe, haverá um palestrante convidado. Os organizadores de algumas feiras que apresentam diferenciais importantes terão espaço para apresentar seus relatos. As inscrições estão abertas. Clique aqui para visualizar o formulário.
-.-.-.-.-.
Casa do Pensamento ainda tem vagas
As inscrições para participação de escolas na Casa do Pensamento continuam abertas. O espaço do público jovem na Feira do Livro de Porto Alegre serve como ponto de encontro com autores, por meio da atividade Cadeira Quente (enfocada no autor e em sua obra) e de bate-papos sobre temas diversos.
-.-.-.-.-.
Inscrições abertas para a Arena das Histórias
Com capacidade para 250 pessoas, a Arena recebe, em dias úteis, encontros com escritores e ilustradores para alunos de escolas infantis e das séries iniciais do ensino fundamental, além de apresentações de contadores de histórias, profissionais e amadores, que se estendem aos fins de semana. Para participar, acesse o formulário.

Programação paralela da Traçando Histórias
Paralelamente à 6ª Traçando Histórias – Mostra de Ilustração de Literatura Infantil e Juvenil, que reúne originais de 39 ilustradores brasileiros, nos dias 10, 11 e 12 de novembro, será realizado um ciclo de atividades relacionadas com a questão da ilustração, com status de curso de extensão da Ufrgs. Serão oferecidas 40 vagas para o minicurso, 40 para a oficina e 200 para as demais atividades. As inscrições devem ser solicitadas pelo e-mail leitura@camaradolivro.com.br ou pelo telefone (51) 3225.9545 (com Fabiane). Acesse a Folha do Livro 6 e veja a programação.
Ilustração de Victor Tavares estará na mostra.
III Mutação na Feira - HQs, zines e outras histórias
Os fãs de histórias em quadrinhos contam com uma programação especial na 54ª Feira do Livro de Porto Alegre. O evento reúne profissionais conhecidos nacionalmente e jovens quadrinistas gaúchos, nos dias 8 e 9 de novembro, na Casa do Pensamento (Armazém A do Cais do Porto – Área Infantil e Juvenil). Entre as atividades, palestras, oficina, exposição de HQs e de personagens e desfile de cosplayers (fãs que se caracterizam como seus super-heróis prediletos) integram o evento. Inscreva-se!
Atenção! As listas bibliográficas já publicadas podem sofrer alterações em função de lançamentos ou da inclusão de outras obras. Os números anteriores da Folha do Livro podem ser encontrados no site www.feiradolivro-poa.com.br

Os números anteriores da Folha do Livro podem ser encontrados no site www.camaradolivro.com.br

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Vídeo legal sobre a poesia Palavras ao Vento de Pedro Bial. Narração de Lázaro Ramos.

Reportagem do programa Olhar Digital sobre a experiência do computador em sala de aula na cidade de Indaiatuba/SP. Uma experiência fantástica! Vale a pena assistir. O vídeo tem 5 min.


O mundo envelhece

O Clube de Cultura promove neste sábado, 08 de novembro, a palestra Manifesto Comunista - 60 anos. A programação segue em anexo. Informações pelo telefone 3331.6920, e-mail clubedecultura@gmail.com



Dire(i)to à leitura

Letramento/alfabetismo funcional

Realização: Instituto Paulo Montenegro/IBOPE e Câmara Rio-Grandense do Livro

Foco do debate: adulto leitor e níveis de alfabetismo. Leitura como poder. Ler enriquece!

Importante: buscar como resultado pelo menos uma ação prática.


8 de novembro de 2008

Mesa 1: das 9 às 10h40 –

O mapa do desafio: as coordenadas

Retrato atualizado: pesquisas e mapeamentos da leitura no Brasil

Instituto Paulo Montenegro e Ação Educativa (Ana Lucia Lima e Vera Masagão)

Conteúdo proposto: o INAF, seus resultados, os tipos de alfabetismo, habilidades de cada um dos grupos, causas, conseqüências e possibilidades.

Mesa 2: das 11h às 12h40

Fazendo o caminho ao caminhar? Na estrada

Loucos e santos. Sonhos que dão certo. Ações práticas que acontecem hoje

ONGs com ações mais sonhadoras, gente mais independente de entidades

Conteúdo proposto: depoimentos de representantes de movimentos, iniciativas comunitárias, professores da educação de adultos (1º ciclo)

Mesa 3: das 14h às 15h40

Preparando a viagem: a bagagem essencial

A teoria: a academia/ as teses/ as possibilidades/ as projeções (especialistas, estudiosos do tema).

Conteúdo proposto: especialista em leitura discutem do ponto de vista técnico.

Carmem Maria Craidy e Iole Faviero Trindade

Mesa 4: das 16h às 17h40

Guias de viagem

Ações de entidades organizadas, responsabilidade social. O que fazer? (Instituições maiores, ações organizadas).

Conteúdo proposto: ações estruturadas, de mais amplo alcance.

Instituto C&A (Programa Prazer em Ler) e Avisa Lá (Programa Além das Letras)

Informações pelo e-mail cmcraidy@terra.com.br

terça-feira, 4 de novembro de 2008

A II Semana de Educação Municipal - Criando e entrelaçando espaços educativos acontece de hoje até oito de novembro, no Ginásio Municipal Celso Morbach, em São Leopoldo.
O evento apresentará palestras, oficinas, programação cultural alternativa, espaços de leitura, educação para o trânsito, recreativo e um espaço virtual de aprendizagem e multimídia. Todas as ações contarão com a participação das escolas municipais de São Leopoldo.

Nesta quarta-feira, 05 de novembro, a professora da FACED Simone Valdete dos Santos fará uma apresentação do livro Memória Escolar, organizado por Andrea Helena Petry Rahmeier e Renee Strasburg. O lançamento do livro e a apresentação serão realizados a partir das 17h30.
Mais informações pelo e-mail smed@saoleopoldo.rs.gov.br e pelo telefone 3589.1655.
Convites para lançamento de livros...



Olá!
Enviamos a divulgação da participação do Projeto Cidade das Crianças na Feira do Livro, com atividades onde estaremos buscando convocar o público ao encontro com uma cidade imaginária a ser criada por cada um, ao fazer parte da construção coletiva de narrativas, imagens, fotografias, sombras, escritos, livros, brincadeiras e muitas cores, em torno da infância e da cidade!
Aguardamos a presença de vocês!
Um abraço,
Ana Marta Meira


O I Colóquio Nacional em Pedagogia da Arte - Poéticas em Educação e Arte, será realizado no período de 03 a 05 de dezembro, na sala 101 da Faculdade de Educação da UFRGS (Campus Centro).
Informações e inscrições no site www.ufrgs.br/faced


Iº COLÓQUIO NACIONAL em PEDAGOGIA DA ARTE: POÉTICAS EM EDUCAÇÃO E ARTE

PALESTRANTES

MARCIA TIBURI
MARCIA STRAZZACAPPA
MARIA CECÍLIA TORRES
MIRNA SPRITZER
NÁDJA HERMANN
ROSA MARIA BUENO FISCHER
ELISABETE GARBIN
ANALICE DUTRA PILLAR
PAOLA ZORDAN


DE 03 A 05 DE DEZEMBRO DE 2008
SALA 101 - FACULDADE DE EDUCAÇÃO
CAMPUS CENTRO - UFRGS


INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:
www.ufrgs.br/faced


REALIZAÇÃO: APOIO:

NECCSO GE EDUCAÇÃO E ARTEANPED GRUPO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO
TEATRO E PERFORMANCE - PPGEDU
FACULDADE DE EDUCAÇÃO - UFRGS
GETEPE
Seminário Educação nas prisões. Direito e desafio.
O evento será realizado nos dias 27 e 28 de novembro,na Faculdade de Direito e Faculdade de Educação da UFRGS.
Informações no site www.ufrgs.br e pelo e-mail cmcraidy@terra.com.br


Aracy Ernst-Pereira e Regina Varini Mutti, organizadoras do livro "Práticas Discursivas", convidam para o lançamento da obra na Feira do Livro de Porto Alegre. Dia 01 de novembro, às 14h, no Memorial do Rio Grande do Sul (térreo).

AN Á L I S E D E D I S C U R S O

PRÁTICAS DISCURSIVAS


Organização: ARACY ERNST-PEREIRA
REGINA VARINI MUTTI
Autores:

Dóris Maria Luzzardi Fiss
Maria Fátima Castilho
Cristina Py de Pinto Gomes Mairesse
Marleni Nascimento Matte
Regina Varini Mutti
Aracy Ernst-Pereira
Fernando Hartmann
Sita Mara Lopes Sant'Anna
Clóvis Maria Freire Dorow
Elisane Pinto da Silva Machado de Lima
Sueli Souza dos Santos
Marcos de Oliveira Treptow
Sandra Nunes
Valesca Brasil Irala

Neste livro estão reunidos autores que encontraram
na Análise de Discurso um referencial teórico
instigante e profícuo para construir seus objetos de
pesquisa. Os textos têm como fio condutor e
integrador a teoria de Michel Pêcheux, propondo uma
leitura dessa teoria com base em sua prática, que é
assumida integralmente na dimensão política. Os
artigos estão agrupados em duas partes: na parte I,
investiga-se o discurso pedagógico, quanto às
posições de sujeito-professor e sujeito-aluno,
mostrando o funcionamento manifestado nas práticas
diversas de escolarização em diferentes contextos. Na
parte II são analisados discursos sobre política, justiça,
religião e psicologia social. Mais do que uma mostra
de resultados prontos, ressalta-se o valor do processo
de constituição de sentidos representado nos
trabalhos, ao qual é inerente o diálogo.

EDUCAT
Editora da Universidade Católica de Pelotas
Autógrafos e Palestra
Vinícius Lousada - Saberes de Espiritualidade e Paz, ed. Francisco Spinelli
05 de novembro, às 19:30hs, Praça de Autógrafos.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

54ª Feira do Livro

Sábado, dia 8 de novembro, às 15h, na Sala Oeste do Santander Cultural

Sessão “Envelhecimento, educação e qualidade de vida – discussões atuais”

1. Qualidade de vida em idosos: conceituação e investigação (Clarisse Trentini)

2. Escolaridade, etnia e raça: elementos de exclusão social (Geraldine Alves dos Santos)

3. Educação, cultura e lazer: perspectivas de velhice bem sucedida (Johannes Doll)

Apresentação musical: De Vez em Canto, às 18h30min, no Deck dos Autógrafos, Cais do Porto, Área Infantil e Juvenil


Lançamento do livro com autógrafos:

Neri, Anita Liberalesso (org.). Idosos no Brasil: Vivências desafios e expectativas na terceira idade. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, Edições SESC, SP, 2007.

Horário: 17.30 horas

Local: Pavilhão do lançamento